5 Dicas Para Fazer Um Gerador Manifestante Sentir-se Amado

5 Dicas Para Fazer Um Gerador Manifestante Sentir-se Amado

Os Geradores Manifestantes são um terço da população e ainda bem que estes seres existem. A energia contagiante do Gerador Manifestante assim como a sua capacidade de fazer mil coisas ao mesmo tempo é tão admirável como estonteante. Uma versão mais acelerada dos Geradores, os Geradores Manifestantes detêm algum poder de iniciação que vem da sua Garganta definida diretamente ligada a um motor. Isto quer dizer que os Geradores Manifestantes não têm qualquer problema em comunicar e manifestar aquilo que sentem.

Este modo de operar pode ser natural para eles, mas pode deixar alguns outros Tipos de Energia confusos com tantas vontades diferentes a surgirem ao mesmo tempo. Por este motivo, os Geradores Manifestantes podem ser interpretados como pessoas que mudam de opinião a toda hora e não são de confiança. Na verdade, os Geradores Manifestantes são as borboletas dos Tipos de Energia, sempre em mutação e evolução.

A sua presença é uma bênção no mundo pela sua força de vida. Ao contrário do seu Tipo de Energia mais próximo, os Geradores Manifestantes têm a capacidade de se reinventarem constantemente e deixarem mais facilmente aquilo que não lhes serve para perseguirem algo novo.

Por outro lado, estas bolas de energia, quando insatisfeitas não lidam só com frustração, mas também com raiva. Esta combinação de aparente inconsistência e acessos de raiva súbitos fazem dos Geradores Manifestantes o tipo mais volátil aos olhos dos outros Tipos de Energia. É por isto que é tão importante saber amar mais os nossos Geradores Manifestantes que são tão incompreendidos.

Aqui ficam 5 dicas para fazer um Gerador Manifestante sentir-se verdadeiramente amado.

1. Aceita o Ritmo do Teu Gerador Manifestante

Um Gerador Manifestante funciona a um ritmo alucinante. Acordam, saltam da cama e já estão prontos para o dia. Conseguem manter-se a um ritmo sem quebras até que, completamente exaustos física e mentalmente, aterram na cama e adormecem logo. Quando vivem dentro do seu Desenho e alinhados com o seu Propósito, os Geradores Manifestantes não querem, podem ou devem abrandar.

Assim, pedir a um Gerador Manifestante para ter mais calma, ir mais devagar, comer menos ou ir para a cama mais cedo, só vai deixá-los frustrados. Pode parecer aos outros tipos energéticos que os Geradores Manifestantes vivem no limite, a trabalhar demais, sempre ocupados com atividades e com pouco descanso, mas essa é a sua programação natural. Pedir-lhes para se comportarem de outra forma é dizer-lhes que estão errados.

Aceita o ritmo do teu Gerador Manifestante. Não caias na tentação de tentar acompanhá-lo a não ser que também sejas deste tipo energético e não lhe peças para abrandar para o teu. Respeita o seu modo único e acelerado de trocar energia com o Universo.

2. Não Leves a Peito a Sua Frustração

Tais como os seus pares Geradores, os Geradores Manifestantes sentem muita frustração quando vivem desalinhados com o seu verdadeiro eu. Além disso, eles estão habituados a estarem sempre ativos e a fazerem tudo bem e depressa. Quando isto não acontece, a sua frustração surge com uns laivos de raiva que vêm da parte do seu Desenho de Manifestante e há uma grande tendência para “levarem tudo à frente” ou “descarregarem” em cima das pessoas.

Mantém os teus limites bem firmes daquilo que é aceitável, mas não leves a peito estes comportamentos. Eles vão surgir e nessa altura o melhor é dares espaço ao teu Gerador Manifestante ou responderes sempre com paciência e amor. Ouve-os e valida as suas frustrações e lembra-te que não é nada pessoal contra ti. Como Geradores Manifestantes que são, rapidamente se vão focar noutra coisa.

3. Cultiva o Seu Gosto Por Atividades Diversas

Se o teu Gerador Manifestante decidiu aprender a fazer crochet na semana passada e esta semana inscreveu-se em aulas de pólo aquático, não desesperes nem o censures. Eles são mesmo assim, saltam de interesse em interesse. Ainda que possam manter alguns interesses constantes, isso não lhes vai bastar e vão procurar sempre mais. Isso faz dos Geradores Manifestantes fantásticos seres polivalentes, capazes de se integrarem nos mais variados grupos e com menos medo de errar no que fazem.

A paixão do Gerador Manifestante pela vida faz com que ele precise de experimentar e experienciar tudo e esteja permanentemente ocupado com coisas diferentes que o estimulem e lhe acendam o Sacro. Um Gerador Manifestante desocupado é um Gerador Manifestante frustrado. Se o vires perdido e com tempos mortos, sugere atividades diferentes.

Se por outro lado vires que o teu Gerador Manifestante está sempre a meter-se em coisas novas que logo larga, convida-o a usar a sua Estratégia e Autoridade para saber se aquilo é realmente algo em que se quer meter. Por vezes a urgência de se ocupar é tanta que o Gerador Manifestante nem utiliza as suas forças de decisão interiores e salta logo para a primeira coisa que lhe aparece à vista.

4. Permite Que o teu gerador Manifestante Salte Etapas

A rapidez com que funcionam permite aos Geradores Manifestantes saltarem etapas. Eles são o tipo de pessoas que ficam frustrados quando nos problemas de Matemática da escola têm que escrever as contas todas quando eles descobriram logo a resposta.

Os Geradores Manifestantes gostam de ignorar o manual de instruções preferindo começar a fazer e ir aprendendo pelo caminho. Isto significa que muitas vezes, os Geradores Manifestantes vão cometer erros que aos olhos dos outros eram evitáveis se eles tivessem tido mais calma e discernimento. Naturalmente a tendência será para admoestar os Geradores Manifestantes por terem saltado etapas, mas isto não adianta de nada e só vai causar conflito. Os Geradores Manifestantes sabem que é fácil quererem ocupar-se com outras coisas, por isso, preferem completar uma tarefa o mais depressa possível. Não percas tempo tentando convencê-los a fazer tudo pelas regras, eles ficarão frustrados.

Também nas relações podes encontrar um Gerador Manifestante a saltar etapas. Se o seu Sacro acendeu, o Gerador Manifestante não precisa de mais indicadores e vai achar que todas expetativas que cumprem as convenções sociais são um grande aborrecimento. O teu Gerador Manifestante sabe o que quer e sabe seguir o que quer. Cabe-te a ti decidir se queres saltar etapas com ele (usa a tua Estratégia e Autoridade) mas não o censures por querer fazê-lo.

5. Faz-lhes Perguntas de Resposta Simples

Tais como os Geradores, os Geradores Manifestantes tomam decisões a partir do centro Sacral e como este centro só funciona respondendo instintivamente com um Sim ou Não, o melhor é fazeres perguntas de resposta simples. Perguntas em aberto confundem um Gerador Manifestante que vai tentar encontrar lógica onde não deve.

Além disso, um Gerador Manifestante, acelerado que é, precisa de perguntas simples para que se possa focar no Sacro para dar a resposta e logo saltar para qualquer outra coisa que o esteja a estimular. Na verdade, o Sacro dos Geradores Manifestantes não foi feito para estar parado, ele foi concebido para viver numa constante resposta e subsequente iniciação. Como ninguém pode responder a algo que não lhe foi perguntado, não te coíbas de fazer muitas perguntas ao teu Gerador Manifestante, mas lembra-te de as manteres binárias (“Queres A ou B?”).

Os Geradores Manifestantes são talvez o Tipo de Energia mais incompreendido do Desenho Humano. Esse título é normalmente atribuído aos Manifestantes, mas a verdade é que os Geradores Manifestantes estão muitas vezes no limbo, não sendo Geradores Puros e faltando-lhes muitas das caraterísticas fulcrais dos Manifestantes. Por não se encaixarem bem em lado nenhum, é fácil atribuir-lhes defeitos que são apenas as suas caraterísticas mais genuínas, as quais devem ser apreciadas e amadas como eles bem merecem.

Partilha este Artigo

Estes artigos podem interessar-te

Subscreve
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários